A ladainha Karipuna

A ladainha Karipuna é uma oração entoada em momentos importantes para o grupo e, por isso, requer respeito e atenção. Pode ser rezada em momentos festivos, como as festas de santos católicos, ou em momentos de luto, pela alma de pessoas falecidas.

É realizada de forma ritualizada: com um mestre-tambor ao centro, ladeado por duas bandeiras vermelhas, diante da imagem do santo homenageado e com as luzes da capela acesas. O oferecimento da ladainha é adaptado à situação: “ladainha que rezamos, ao Divino Espírito Santo oferecemos’’, ou, “para alma de finado fulano oferecemos”, etc.

14-04

A ladainha Karipuna é entoada em latim, com alguns trechos em português. É um exemplo da potência da memória oral, pois foi transmitida oralmente através de várias gerações. Provavelmente, foi aprendida pelos antepassados Karipuna que estiveram em contato com missões jesuíticas no Baixo Oiapoque, no século XVIII.

A ladainha Karipuna se inicia com a prece Kyrie em latim, seguida de quarenta estrofes de entoação à Santissima Trindade acompanhadas pelo refrão miserere nobis, tendo depois a evocação de quarenta e dois títulos de Nossa Senhora acompanhados pelo refrão ora pro nobis e encerrada com o Agnus Dei e uma oração à Virgem Maria.

Nos anos 1990, diziam que o Sr. Tangahá era o único que sabia entoar a ladainha por completo, mesmo que muitos acompanhassem o refrão e soubessem agir da maneira apropriada – os momentos de ajoelhar-se, soltar rojões, etc…
O Sr.Tangahá aprendeu a rezar a ladainha com o Capitão Teodoro Fortes e com seus avós. Depois do falecimento do Capitão, o pajé Gomes Forte e Alexandre Marcolino dos Santos também rezavam a ladainha, antes que Tangahá começasse a faze-lo. Assim como Tangahá era respeitado por ter aprendido a ladainha diretamente do capitão Teorodo, aqueles que o substituem atualmente são respeitados por te-la aprendido diretamente de Tangahá.

Ouça um trecho da Ladainha:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s